(00351) 913 988 888
ARE E Grande Lisboa E Sintra

Sintra

Sintra / Visitar / O que fazer / Viver em Sintra


Sintra é um município e cidade portuguesa conhecida pelos seus palácios históricos, arquitetura romântica e estatuto de Património Mundial da UNESCO.

Sintra é um município e cidade portuguesa conhecida pelos seus palácios históricos, arquitetura romântica e estatuto de Património Mundial da UNESCO.

Sintra é um município e cidade portuguesa com uma população total de 385.000 habitantes, conhecida pelos seus palácios históricos, arquitetura Romântica e estatuto de Patrimônio Mundial da UNESCO, situada na região da Grande Lisboa. O centro da cidade de Sintra é marcado imponentemente pela presença do Palácio Nacional de Sintra. Dominando o horizonte da cidade com as suas icónicas chaminés gémeas, este palácio é um testemunho do passado régio de Sintra. Ao passear pela cidade, revelam-se ruas estreitas e sinuosas, muitas delas pavimentadas com calçada, remanescentes de uma era passada onde cavalos e carruagens eram o principal meio de transporte.

O charme ambiental destes antigos caminhos, combinado com as varandas cobertas de flores e as ocasionais boutiques locais ou cafés, confere à cidade um encanto pitoresco e atemporal. Reconhecida pelo seu estatuto de Patrimônio Mundial da UNESCO em 1995, Sintra integra de forma harmoniosa a sua significância histórica com o desenvolvimento urbano. Além das suas encantadoras ruas, a cidade orgulha-se da sua arquitetura Romântica do século XIX, com marcos como o Palácio da Pena, Quinta da Regaleira, Castelo dos Mouros e Palácio de Monserrate a permanecerem como símbolos duradouros da sua rica herança.

Próximo de Sintra, atrações adicionais incluem o panorâmico Cabo da Roca, o arquitetonicamente significativo Palácio de Queluz e o tranquilo Convento dos Capuchos. Para os que procuram experiências costeiras, a Praia das Maçãs serve tanto como praia quanto como destino de cidade. A região mais ampla apresenta o Parque Natural de Sintra-Cascais, enfatizando a beleza natural da Serra de Sintra.

Onde fica Sintra no mapa de Portugal?


Sintra está convenientemente localizada a apenas meia hora do Aeroporto de Lisboa.

Sintra está convenientemente localizada a apenas meia hora do Aeroporto de Lisboa.

A cidade de Sintra situa-se dentro do Parque Natural de Sintra-Cascais na região da Grande Lisboa, em Portugal, no centro-oeste do país. De Sintra, Lisboa fica a apenas 28,4 km de distância. Em comparação, o Porto fica a 332 km a norte, Faro a 299 km a sul e Madrid, Espanha, a 646 km a leste. A costa oeste próxima, na Praia Grande, está a apenas 12,8 km de Sintra. Quanto às suas fronteiras, o município é limitado a norte por Mafra, a leste por Loures, Odivelas e Amadora, a sudeste por Oeiras, a sul por Cascais e a oeste pelo Oceano Atlântico. Abrangendo uma área de 319 quilômetros quadrados (aproximadamente 16 por 19 km, com o seu maior trecho costeiro medindo 21 km), Sintra tinha uma população de 385.000 habitantes em 2021. O Palácio da Pena, situado na Serra de Sintra, está a uma altitude de 528 metros, sendo o ponto mais alto do município de Sintra e oferecendo vistas panorâmicas de Cascais, Lisboa e o oceano ao redor.

Viajar para Portugal, chegar a Sintra

Para viajar a Sintra, quer esteja a chegar da Europa ou de outro continente, os principais aeroportos de Portugal em Lisboa, Porto ou Faro serão os seus portais de entrada. Se aterrar em Lisboa, Sintra fica a uma curta distância de carro. Pode chegar a Sintra em aproximadamente 22-35 minutos, percorrendo uma distância de 29 km pela autoestrada A37. Para quem vem do Porto, no norte, ou do Algarve, no sul, é cerca de 2 a 3 horas de viagem até Lisboa. Uma vez em Lisboa, basta definir o seu curso para Sintra… a 30 minutos de Lisboa.

Quais são os destaques de Sintra?


Explorar Sintra é por si só um destaque devido à sua paisagem única em comparação com as áreas circundantes. Ao chegar ao centro da cidade, notará imediatamente a presença de palácios e carruagens puxadas por cavalos a navegar graciosamente pelas ruas, criando uma atmosfera romântica onde a natureza se funde harmoniosamente com o ambiente urbano. Sintra, celebrada pela sua rica história e arquitetura deslumbrante, oferece uma riqueza de atrações para turistas. Abaixo, listamos os principais lugares e atrações a visitar em Sintra, organizados por popularidade.

<em>Mapa do centro da cidade de Sintra</em>

Mapa do centro da cidade de Sintra

1. Palácio da Pena (Palácio da Pena): O Palácio da Pena, ou Palácio da Pena, é um castelo vibrante e Romântico situado no topo de uma colina nas montanhas de Sintra. Construído no século XIX pelo Rei Fernando II, é uma obra-prima arquitetônica notável que combina vários estilos, incluindo elementos Neo-Góticos, Neo-Manuelinos, Neo-Islâmicos e Neo-Renascença, inspirado pelos Castelos de Luís II da Baviera e pelo espírito de Wagner. As paredes do Palácio da Pena são pintadas numa vibrante gama de cores, incluindo tons de vermelho, amarelo e azul, que contribuem para a sua aparência caprichosa e de conto de fadas. Uma vez aqui, podemos vislumbrar o Parque da Pena, que rodeia o palácio, uma área florestal extensa e exuberante com uma diversidade de árvores e plantas de todo o mundo. Dentro do Palácio da Pena, os visitantes têm a oportunidade de explorar as suas muitas salas, cada uma
decorada e preservada no seu esplendor do século XIX. O palácio oferece vistas deslumbrantes das suas janelas e terraços, proporcionando vistas panorâmicas da paisagem circundante, incluindo o vasto oceano e as cidades encantadoras nas proximidades. O Palácio da Pena e o seu parque cativante juntos criam uma experiência inesquecível, tornando-o um destino obrigatório para aqueles que exploram a beleza de Sintra.

<em>O Palácio da Pena é um dos marcos mais emblemáticos de Sintra e uma das principais atracções para os visitantes.</em>O Palácio da Pena, situado no topo de uma colina na serra de Sintra, é um castelo vibrante e romântico conhecido pelas suas características arquitectónicas marcantes, caracterizadas pela sua vivacidade cores vermelho, amarelo e azul.

O Palácio da Pena é um dos marcos mais emblemáticos de Sintra e uma das principais atracções para os visitantes.O Palácio da Pena, situado no topo de uma colina na serra de Sintra, é um castelo vibrante e romântico conhecido pelas suas características arquitectónicas marcantes, caracterizadas pela sua vivacidade cores vermelho,
amarelo e azul.

2. Quinta da Regaleira (Palácio da Regaleira): A Quinta da Regaleira, também conhecida como o Palácio da Regaleira, é uma propriedade notável localizada em Sintra, construída no final dos anos 1800 e exibindo uma mistura única de estilos arquitetônicos, incluindo Manuelino, Gótico, Renascentista e Românico. A propriedade cobre 4 hectares e apresenta jardins exuberantes, lagos, grutas e estruturas enigmáticas com rico simbolismo alquímico, Maçónico, Templário e Rosacruz. Elementos notáveis incluem o Patamar dos Deuses, adornado com estátuas de deuses greco-romanos, e o Poço Iniciático, uma galeria subterrânea com uma escada em espiral representando os nove círculos da Divina Comédia. O simbolismo relaciona-se com temas de nascimento, morte e renascimento associados à terra. A propriedade também inclui a Capela da Santíssima Trindade, conhecida pelo seu design Gótico e Manuelino, e a Torre da Regaleira,
projetada para criar uma ilusão de estar no centro do mundo. A propriedade inteira é uma mistura cativante de influências culturais, filosóficas e esotéricas, tornando-a uma atração significativa em Sintra.

A Quinta da Regaleira, em Sintra, é uma propriedade do século XIX que mistura os estilos manuelino, gótico, renascentista e românico, apresentando jardins, grutas e estruturas ricas em simbolismo alquímico e esotérico, destacadas pela sua escada em espiral que representa os nove círculos da Divina Comédia e a sua miríade temas filosóficos.

A Quinta da Regaleira, em Sintra, é uma propriedade do século XIX que mistura os estilos manuelino, gótico, renascentista e românico, apresentando jardins, grutas e estruturas ricas em simbolismo alquímico e esotérico, destacadas pela sua escada em espiral que representa os nove círculos da Divina Comédia e a sua miríade temas filosóficos.

3. Castelo dos Mouros (Castelo dos Mouros): Localizado a uma altitude de 466 metros em Sintra, a caminho do Palácio da Pena, este forte historicamente significativo é renomado pelas suas vistas panorâmicas excepcionais da paisagem circundante. Originalmente construído pelos Mouros durante os séculos VIII e IX, este castelo no topo de uma colina é um exemplo primoroso da arquitetura militar mourisca medieval. Oferece aos visitantes a oportunidade de explorar ruínas bem preservadas, muralhas fortificadas e torres de vigia, enquanto contemplam vistas deslumbrantes que abrangem Sintra, o Palácio da Pena e as exuberantes montanhas de Sintra. Muitas vezes incluído como parte de uma visita abrangente aos renomados marcos de Sintra, como o Palácio da Pena e a Quinta da Regaleira, o Castelo dos Mouros destaca-se como um testemunho da rica história e beleza natural da região.

Localizado em Sintra, no topo de uma altitude de 466 metros, o Castelo dos Mouros, dos séculos VIII a IX, oferece vistas panorâmicas da paisagem e exemplifica a arquitectura militar mourisca com ruínas e torres de vigia preservadas, encapsulando o significado histórico e o encanto natural da área.

Localizado em Sintra, no topo de uma altitude de 466 metros, o Castelo dos Mouros, dos séculos VIII a IX, oferece vistas panorâmicas da paisagem e exemplifica a arquitectura militar mourisca com ruínas e torres de vigia preservadas, encapsulando o significado histórico e o encanto natural da área.

4. Palácio de Monserrate (Palácio de Monserrate): O Palácio de Monserrate, também conhecido como Palácio de Monserrate, está localizado no encantador Parque de Monserrate, aproximadamente 15 minutos de carro (7,3 km) do centro da cidade de Sintra. É uma mistura cativante de estilos arquitetônicos Góticos, Indianos e Mouros, um verdadeiro testemunho do espírito eclético da era Romântica do século XIX. No interior, os visitantes são tratados com um design interior deslumbrante, enquanto os arredores do palácio são igualmente encantadores. Os jardins luxuriantes apresentam uma impressionante variedade de árvores e plantas de todo o mundo, criando uma paisagem serena e diversificada. A atmosfera dentro e ao redor do palácio é verdadeiramente mágica, tornando-o um destino obrigatório. Além disso, para quem gosta de uma caminhada tranquila, é possível fazer um passeio cênico de 2 km de volta a Sintra, oferecendo uma maneira encantadora de apreciar esta joia arquitetônica e o seu cenário natural notável.

Palácio de Monserrate na vila de Sintra, Lisboa, Portugal

Palácio de Monserrate na vila de Sintra, Lisboa, Portugal

5. Centro da Cidade de Sintra: O centro histórico de Sintra oferece uma experiência imersiva na atmosfera local, permitindo-lhe desfrutar do charme incomparável da cidade. Comece a sua exploração visitando as padarias locais e restaurantes de cozinha portuguesa autêntica, onde pode deleitar-se com uma deliciosa variedade de sabores. Ao percorrer as labirínticas ruas de calçada, a rica história e a arquitetura cativante da cidade desdobram-se diante de si. Certifique-se de visitar o posto de turismo para obter informações valiosas e recomendações, ou embarque na sua própria jornada de descoberta. Nas proximidades do centro da cidade, também encontrará maravilhas arquitetônicas, como a Câmara Municipal de Sintra, adicionando outra camada de fascínio à sua aventura em Sintra.

<em>Câmara Municipal de Sintra</em>

Câmara Municipal de Sintra

<em>O centro da cidade de Sintra apresenta caminhos de paralelepípedos e ruas pitorescas em tons pastéis.</em>

O centro da cidade de Sintra apresenta caminhos de paralelepípedos e ruas pitorescas em tons pastéis.

<em>Centro da Vila de Sintra</em>

Centro da Vila de Sintra

6. Palácio Nacional de Sintra (Palácio Nacional de Sintra): O Palácio Nacional de Sintra, localizado centralmente na cidade de Sintra, é um monumento histórico conhecido pela sua significância arquitetônica. Distinguido pelas suas icónicas chaminés cónicas, o palácio desempenhou um papel central na história de Portugal, tendo servido como residência real durante vários séculos. O seu estilo arquitetônico combina influências Mouras, Góticas e Manuelinas, refletindo as diversas culturas que influenciaram Portugal ao longo dos anos. Como testemunho da sua importância, o palácio permanece um dos marcos mais visitados de Sintra.

O Palácio Nacional de Sintra, marcado pelas suas icónicas chaminés cónicas gémeas, destaca-se como uma residência real histórica no coração de Sintra.

O Palácio Nacional de Sintra, marcado pelas suas icónicas chaminés cónicas gémeas, destaca-se como uma residência real histórica no coração de Sintra.

7. Tram de Sintra (Elétrico de Sintra): O Tram de Sintra é uma aventura encantadora, uma viagem cênica de Sintra a Praia das Maçãs, serpenteando por paisagens pitorescas durante aproximadamente 45 minutos, cobrindo quase 13 quilômetros. Será presenteado com vistas de plátanos, vinhas e pomares ao longo do caminho, terminando na Praia das Maçãs, uma das jóias costeiras de Sintra, onde pode deliciar-se com frutos do mar frescos em excelentes restaurantes locais. Se estiver disposto, faça uma caminhada costeira de 20 minutos até o miradouro das Azenhas do Mar, onde será recompensado com vistas deslumbrantes de casas situadas na encosta da falésia. Quando for hora de voltar, pegue novamente o elétrico de Sintra e desça na Adega Regional de Colares. Aqui, pode explorar uma vinícola que produz o histórico vinho de Colares, com a opção de uma visita guiada e uma sessão de degustação agradável. Finalmente, retorne a Sintra no elétrico, e se o seu horário permitir, considere uma visita ao MU.SA –
Museu das Artes de Sintra, convenientemente localizado perto do ponto de partida do elétrico, instalado num antigo casino, exibindo arte figurativa da Coleção Municipal de Arte Contemporânea, além de fotografia, uma livraria municipal e uma galeria que hospeda exposições temporárias de artistas nacionais e internacionais.

Viaje no Eléctrico de Sintra por paisagens cénicas, desde a histórica Sintra até à costeira Praia das Maçãs, com paragens em vinhas e museus de arte de renome, escolhendo entre uma carruagem aberta ou tradicional.

Viaje no Eléctrico de Sintra por paisagens cénicas, desde a histórica Sintra até à costeira Praia das Maçãs, com paragens em vinhas e museus de arte de renome, escolhendo entre uma carruagem aberta ou tradicional.

8. Palácio Biester (Palácio Biester): O Palácio Biester em Sintra, um emblema do Romantismo, foi construído no final do século XIX pelo arquiteto José Luiz Monteiro e decorado por artistas renomados. Suas diversas influências arquitetônicas refletem a importância histórica e artística, enquanto se integram perfeitamente na paisagem Romântica. Rodeado pelo exuberante Parque Biester, o palácio oferece vistas cativantes do Castelo dos Mouros e do mar. Além da sua fachada, o palácio guarda segredos intrigantes e dimensões espirituais, entrelaçando arte, religião e misticismo, tornando-o um fascinante labirinto cultural para explorar.

Palácio Biester

Palácio Biester

9. Palácio de Seteais (Palácio de Seteais): O Palácio de Seteais, um elegante palácio do século XVIII situado perto da cidade de Sintra, atualmente funciona como um hotel de luxo. Foi originalmente construído para o cônsul holandês Daniel Gildemeester em terreno concedido pelo Marquês de Pombal. Hoje, é propriedade da empresa de hospitalidade Tivoli Hotels & Resorts, que administra um hotel de luxo dentro das suas paredes históricas. Designado como Propriedade de Interesse Público desde 1947, a construção do palácio foi possibilitada pela fortuna substancial acumulada por Gildemeester, que recebeu o monopólio de exportação de diamantes pelo Marquês de Pombal.

O Palácio de Seteais, uma maravilha arquitetónica do século XVIII localizada perto de Sintra, foi transformado num hotel de luxo gerido pela Tivoli Hotels & Estâncias.

O Palácio de Seteais, uma maravilha arquitetónica do século XVIII localizada perto de Sintra, foi transformado num hotel de luxo gerido pela Tivoli Hotels & Estâncias.

10. Vila Sassetti (Villa Sassetti): A Villa Sassetti, também conhecida como Quinta da Amizade, é uma villa histórica localizada perto da cidade de Sintra em Portugal. A Villa Sassetti ostenta uma estética cativante inspirada no Mediterrâneo com a sua grande torre circular no estilo românico lombardo, adornada em tons quentes de terracota. A sua rica história, começando com Victor Carlos Sassetti no final do século XIX, e subsequente posse por luminárias como Calouste Gulbenkian, infunde a propriedade com um sentido de fascínio atemporal. Adquirida pela Parques de Sintra em 2011, a villa passou por uma meticulosa restauração, preservando o seu charme arquitetônico e significância histórica. Esta elegante propriedade, agora uma parte estimada do patrimônio de Sintra, encanta os visitantes com a sua fusão de natureza e arquitetura e serve como um elo pitoresco entre os marcos-chave de Sintra.

11. Chalet da Condessa d’Edla (Chalet da Condessa d’Edla): O Chalet da Condessa d’Edla, localizado em Sintra, é um charmoso e histórico chalé alpino que serviu de refúgio romântico para a história de amor entre Elise Hensler e o Rei D. Fernando II. Elise Hensler, uma cantora de ópera nascida na Suíça, conquistou o coração de D. Fernando II após o falecimento da sua primeira esposa, a Rainha D. Maria II. A paixão compartilhada do casal pelas artes e cultura levou-os a criar este refúgio privado no Parque da Pena, rodeado por jardins exuberantes repletos de espécies de plantas exóticas de todo o mundo. O chalé, projetado pela própria Condessa, exibe uma mistura única de beleza arquitetônica e sensibilidade artística. Ele permaneceu na sua posse mesmo após a morte de D. Fernando, um testemunho da sua profunda conexão. Hoje, o Chalet da Condessa d’Edla é um tesouro cultural e histórico belamente restaurado, oferecendo aos visitantes um vislumbre da história de amor duradoura e do legado artístico deste casal extraordinário.

12. Parque da Liberdade (Parque da Liberdade): O Parque da Liberdade, localizado no coração de Sintra, Portugal, possui uma história rica que remonta à sua aquisição pela Comissão de Turismo de Sintra em 1936, com o objetivo de fornecer um parque público à cidade. Este oásis verdejante foi oficialmente inaugurado em julho de 1937, atendendo à necessidade de um espaço público numa cidade celebrada pelos seus jardins e flores. O que o torna verdadeiramente especial é a sua notável diversidade botânica, com uma ampla variedade de espécies de plantas que realçam a sua beleza ecológica.

Parque da Liberdade

Parque da Liberdade

13. Caminhada pelo Caminho de Santa Maria (Caminho de Santa Maria): O Caminho de Santa Maria em Sintra é uma trilha de natureza e patrimônio agradável, oferecendo uma jornada encantadora até duas atrações icônicas: o Castelo dos Mouros e o Parque e Palácio da Pena. Cobrindo uma distância de 1.770 metros e levando aproximadamente 1 hora, esta caminhada é acessível a indivíduos de todas as idades e níveis de condicionamento físico. Ela serpenteia ao longo de caminhos bem pavimentados e regularmente mantidos através de terreno florestal, apresentando uma inclinação suave com seções ocasionalmente mais íngremes. Ao longo do caminho, os caminhantes são recompensados com vistas panorâmicas deslumbrantes da paisagem circundante, tornando-a uma atividade ao ar livre perfeita para quem procura beleza natural e charme histórico em Sintra.

Mapa da caminhada pelo Caminho de Santa Maria

Mapa da caminhada pelo Caminho de Santa Maria

14. Queijadas da Sapa (Queijadas da Sapa): A Fábrica das Verdadeiras Queijadas da Sapa é uma instituição renomada dedicada à confecção das autênticas Queijadas de Sintra, um doce adorado e tradicional no patrimônio gastronômico de Sintra. Estas queijadas possuem uma rica história que remonta ao século XIII, originando-se durante o reinado do Rei Sancho II. Inicialmente, eram feitas em casa e até usadas como forma de pagamento. No entanto, a partir do século XVIII, começaram a ser produzidas em fábricas especializadas de queijadas, sendo a Sapa uma das mais famosas. As Queijadas da Sapa são feitas a partir de uma combinação simples, mas saborosa de ingredientes, incluindo farinha e sal para a massa, requeijão, açúcar, gemas de ovo, farinha e canela para o recheio. Esta iguaria intemporal não só cativa o paladar, mas também captura a essência da tradição culinária de Sintra, deixando uma doce impressão tanto no paladar quanto na alma.

Queijadas da Sapa são pastéis portugueses de Sintra com recheio de requeijão, açúcar, gemas de ovo, farinha e canela, envoltos numa massa simples de farinha e sal

Queijadas da Sapa são pastéis portugueses de Sintra com recheio de requeijão, açúcar, gemas de ovo, farinha e canela, envoltos numa massa simples de farinha e sal

15. Museu Anjos Teixeira (Museu Anjos Teixeira): O Museu Anjos Teixeira é uma instituição cultural dedicada ao legado de Pedro Augusto dos Anjos Teixeira (1908-1997), um escultor e artista renomado, e seu pai, Artur Gaspar dos Anjos Teixeira (1880-1935). A jornada artística de Pedro Anjos Teixeira foi profundamente influenciada pela sua oposição ao regime autoritário durante a década de 1940, levando-o ao cargo de Presidente da Sociedade Nacional de Belas-Artes (SNBA), onde defendeu uma abordagem artística mais progressista e inclusiva. Seu trabalho, marcado pelo Neo-realismo, reflete uma conexão profunda com a classe trabalhadora e apresenta uma ampla gama de temas, incluindo representações sensuais de mulheres, representações poderosas de trabalhadores e retratos realistas de animais. Ele não era apenas um escultor, mas também escritor e músico, conhecido por suas publicações sobre escultura e anatomia artística, bem como livros infantis. Em 1974, Pedro Anjos Teixeira doou oficialmente as suas extensas coleções artísticas à Municipalidade de Sintra, resultando na criação deste museu. O museu exibe suas obras escultóricas, desenhos, medalhística, pinturas, correspondências e trabalhos fotográficos, oferecendo aos visitantes uma oportunidade única de explorar o patrimônio artístico que adorna os espaços públicos de Portugal.

Desde a abertura do museu Anjos Teixeira em 1976, tem fornecido um espaço para preservar e exibir as obras destes dois proeminentes escultores contemporâneos. A coleção abrange vários temas, desde anatomia humana e animal até a documentação de costumes culturais e figuras populares. O museu também serviu como um atelier vivo, onde Pedro Anjos Teixeira ensinou escultura a jovens artistas de 1977 a 1992. Nos últimos anos, o museu passou por melhorias interiores, incluindo o uso de tons mais claros para paredes e pedestais, para realçar a visibilidade e apreciação das peças expostas. Ao explorar as galerias do museu, os visitantes encontrarão modelos e maquetes de esculturas que adornam praças, ruas, edifícios, instituições e avenidas de Portugal, fomentando uma conexão mais profunda entre o público e as coleções expostas.

16. Museu de História Natural de Sintra (Museu de História Natural de Sintra): O Museu de História Natural de Sintra, situado num edifício do século XIX em Vila Velha de Sintra, abriga uma coleção única e valiosa de mais de 10.000 fósseis, minerais e meteoritos reunidos pelos colecionadores Miguel Barbosa e Fernanda Barbosa ao longo de 50 anos. Notavelmente, apresenta o holótipo da espécie de pterossauro Barbosannia Gracillirostris, nomeada em homenagem a Miguel Barbosa. Esta coleção oferece aos visitantes uma viagem pelas épocas geológicas, mostrando a evolução da vida na Terra. As instalações modernas e exposições interativas do museu tornam-no uma experiência educacional envolvente, atraindo visitantes nacionais e internacionais interessados em paleontologia, mineralogia, malacologia e petrografia.

17. O MU.SA – Museu das Artes em Sintra: O MU.SA – Museu das Artes em Sintra, instalado no histórico antigo Casino projetado por Manuel Norte Júnior e inaugurado em 1924, enriquece a paisagem cultural de Sintra. Com um programa diversificado e dinâmico, exibe exposições temporárias, iniciativas educacionais, sessões públicas e eventos artísticos, incluindo os prestigiosos Prêmios de Artes Visuais. Esta instituição cultural não só fomenta a apreciação da arte e cultura contemporâneas, mas também nutre seus laços com a comunidade local. Os visitantes podem explorar uma ampla gama de obras de arte, desde a Coleção de Arte Municipal até exposições temáticas apresentando artistas estabelecidos e emergentes, além de projetos colaborativos com outras instituições culturais portuguesas, tudo dentro dos espaços convidativos do museu.

18. Centro Cultural Olga Cadaval: O Centro Cultural Olga Cadaval, localizado em Sintra, é o principal local de artes cênicas da cidade. Possui dois auditórios: o Auditório Jorge Sampaio, com capacidade máxima de 1.005 lugares, e a Sala de Cinema, acomodando até 276 espectadores. Inaugurado em 13 de outubro de 2001, foi originalmente construído em 1945 como o Cine Teatro Carlos Manuel, um cinema projetado pelo arquiteto Norte Júnior. Após um incêndio em 1985, o edifício passou por extensas renovações e foi renomeado em homenagem a Olga Álvares Pereira de Melo, Marquesa de Cadaval, uma proeminente patrona das artes. Hoje, o Centro Cultural Olga Cadaval acolhe vários eventos culturais, incluindo peças de teatro, concertos e exibições de filmes, tornando-se um centro vibrante para as artes em Sintra.

Locais mais visitados nos arredores de Sintra


Os arredores de SintraEste mapa detalha um passeio de um dia completo por Sintra, destacando pontos como o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa continental, juntamente com outras atrações como palácios, conventos, miradouros, praias e principais cidades. Se você está interessado em mergulhar no núcleo de Sintra, consulte o mapa fornecido que foca no centro histórico de Sintra.

Os arredores de Sintra
Este mapa detalha um passeio de um dia completo por Sintra, destacando pontos como o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa continental, juntamente com outras atrações como palácios, conventos, miradouros, praias e principais cidades. Se você está interessado em mergulhar no núcleo de Sintra, consulte o mapa fornecido que foca no centro histórico de Sintra.

19. Cabo da Roca (Cabo da Roca): Cabo da Roca, conhecido como Promontorium Magnum pelos Romanos e como a Rocha de Lisboa durante a Era das Navegações, é historicamente significativo. Além disso, o Farol do Cabo da Roca, localizado a 165 metros acima do Oceano Atlântico, tem importância como o farol mais ocidental de Portugal e da Europa continental. Está operacional desde 1772, marcando um importante desenvolvimento na construção de faróis portugueses, sendo o primeiro farol construído de propósito no país. O pôr do sol no Cabo da Roca é de fato deslumbrante, oferecendo uma vista deslumbrante do sol a pôr-se sobre o Oceano Atlântico a partir do seu ponto mais ocidental. Nas proximidades, também pode encontrar a Praia da Ursa, conhecida pela sua beleza natural e litoral acidentado. É um local pitoresco para desfrutar tanto do pôr do sol quanto da paisagem única da área.

Falésias e farol do Cabo da Roca no Oceano Atlântico em Sintra, Portugal, o ponto mais ocidental do continente europeu, “onde acaba a terra e começa o mar”.

Falésias e farol do Cabo da Roca no Oceano Atlântico em Sintra, Portugal, o ponto mais ocidental do continente europeu, “onde acaba a terra e começa o mar”.

20. Palácio de Queluz (Palácio de Queluz): O Palácio Nacional de Queluz, um palácio do século XVIII perto de Sintra, Portugal, é famoso pela sua arquitetura Rococó. Foi construído como um retiro de verão para D. Pedro de Bragança, mais tarde marido e rei consorte da Rainha Maria I. O palácio também serviu como local de confinamento da Rainha Maria devido à sua saúde mental. O seu design único reflete o estilo de vida extravagante da família real portuguesa durante essa era. O palácio é famoso pela sua Fachada Cerimonial, caracterizada por proporções clássicas e decoração requintada em travertino.

<em>Palácio Nacional de Queluz</em><br>Salão dos Embaixadores no Palácio Nacional de Queluz. Às vezes chamada de sala do trono ou Sala dos Espelhos.

Palácio Nacional de Queluz
Salão dos Embaixadores no Palácio Nacional de Queluz. Às vezes chamada de sala do trono ou Sala dos Espelhos.

Litoral de vista aérea de Cascais, ao sul de Sintra, em Portugal

Litoral de vista aérea de Cascais, ao sul de Sintra, em Portugal

21. Convento dos Capuchos (Convento dos Capuchos): O Convento dos Capuchos, também conhecido como Convento dos Capuchos, é um histórico mosteiro em Sintra, fundado em 1560. Inicialmente criado como um retiro para uma pequena comunidade de monges capuchinhos sob D. João de Castro, é dedicado à Santa Cruz. O local recebeu indulgências papais em 1564 e teve visitas e patrocínio reais ao longo dos anos. No século XIX, mudou de proprietários e entrou em decadência. No século XX, o Estado Português adquiriu e restaurou o local, abrindo-o ao público em 2001. O convento, com sua arquitetura rústica e modesta harmoniosamente integrada nas montanhas de Sintra, oferece um vislumbre da vida simples e reclusa dos frades capuchinhos, e agora faz parte do Patrimônio Mundial da UNESCO, a Paisagem Cultural de Sintra.

22. Capela da Peninha (Miradouro da Capela da Peninha): O Santuário da Peninha, situado a uma altitude de 488 metros, é um local de magia encantadora e misticismo em Sintra, Portugal. O complexo arquitetônico inclui a Capela de Nossa Senhora da Penha, a ermida de São Saturnino e uma mansão de revivalismo romântico construída por António Augusto Carvalho Monteiro em 1918. A história do santuário está entrelaçada com uma lenda que remonta ao reinado do Rei João III. A história conta que uma pastora muda e pobre perdeu uma ovelha e encontrou uma senhora que a ajudou a encontrá-la. A senhora pediu pão, e milagrosamente, a pastora recuperou a voz para pedir pão à sua mãe. Encontraram pão suficiente para alimentar toda a aldeia, e como sinal de gratidão, construíram uma capela dedicada a Nossa Senhora da Peninha. O local tornou-se um local sagrado de adoração, e no final do século XVII, o Frei Pedro da Conceição mandou erigir a atual capela. É um local de
peregrinação acessível a partir de Cascais/Malveira da Serra ou Sintra/Colares via EN-247.

23. Quinta da Ribafria (Quinta da Ribafria): A Quinta de Ribafria, uma propriedade do século XVI em Sintra, Portugal, possui um solar de estilo renascentista com uma impressionante torre de inspiração medieval adornada pelo brasão de armas da família Ribafria. Ao redor do solar, encontra-se um jardim formal requintado, com uma escadaria única, recursos aquáticos e estatuária clássica, tudo situado contra o pano de fundo do Rio Colares e 13 hectares de bosques exuberantes, incluindo sequoias antigas. O solar, construído em 1541, é um exemplo notável de arquitetura civil manuelina e inclui uma torre do século XVII que se diz ter sido usada para vigiar Penha Verde. Após anos de negligência, a Quinta da Ribafria abriu ao público em 2015, oferecendo um espaço cultural e ao ar livre para diversos eventos e atividades, proporcionando uma nova vida a esta joia histórica.

24. Praia das Maçãs (Praia e vila das Maçãs): Uma pitoresca cidade à beira-mar, popular pelas suas praias de areia e frutos do mar frescos.
25. Praia do Guincho (Praia do Guincho): Favorita entre os praticantes de kite-surf e conhecida pelas suas ondas selvagens e paisagens dramáticas.
26. Praia da Ursa (Praia da Ursa): Uma praia isolada com falésias acidentadas e areias intocadas, ideal para aqueles que procuram tranquilidade.
27. Praia Grande (Praia Grande): Um paraíso para surfistas com ondas consistentes e várias escolas de surf.

28. Estrada N247 (Rota Cênica 247): A N247 é uma deslumbrante estrada costeira que liga Cascais à costa de Sintra e aos destaques de Sintra. Começando em Cascais, inicia-se num rotunda perto da Boca do Inferno e serpenteia ao longo da costa, oferecendo vistas impressionantes do oceano junto à área residencial de luxo e golfe da Quinta da Marinha. Pelo caminho, passa por marcos notáveis como o Farol do Cabo Raso e a Praia do Guincho, antes de seguir em direção à Malveira da Serra. Ao subir a encosta, a estrada leva-o por encantadoras vilas e aldeias como Azoia, localizada perto do Cabo da Roca, bem como Atalaias, Pé da Serra, Almoçageme e Vinagre, eventualmente levando ao centro de Sintra e continuando para o norte. As vistas panorâmicas perto de Azoia proporcionam uma vista deslumbrante do Guincho, e a paisagem verdejante evolui à medida que avança pela Mata de Sintra.

29. Cascais: Cascais é uma cidade vizinha localizada ao sul de Sintra, complementando Sintra ao oferecer diferentes atrações e experiências, como a sua marina vibrante e o clima costeiro mais quente. No entanto, estão conectadas em alguns pontos, limitando o Autódromo do Estoril, partilhando a proximidade de centros comerciais, escolas privadas e outras comodidades, criando uma região dinâmica e interconectada.

30. Estoril: Estoril, localizada a leste de Sintra, realça o encanto da região com o seu grande casino e oferece uma combinação cativante de luxo, história rica e praias banhadas pelo sol abrigadas do vento sul. A cidade possui esplêndidas esplanadas, restaurantes elegantes e uma atmosfera de glamour, tornando-a um destino desejável por si só.

A costa do Estoril é banhada pela foz do rio Tejo e oferece um leque de praias que se estendem de Lisboa a Sintra. Esta estrada costeira, conhecida como Avenida Marginal, faz lembrar a Cote D'Azure. Pode ser explorada a pé, de bicicleta ou de carro, proporcionando um ambiente à beira-mar por vários quilómetros.

A costa do Estoril é banhada pela foz do rio Tejo e oferece um leque de praias que se estendem de Lisboa a Sintra. Esta estrada costeira, conhecida como Avenida Marginal, faz lembrar a Cote D’Azure. Pode ser explorada a pé, de bicicleta ou de carro, proporcionando um ambiente à beira-mar por vários quilómetros.

31. Autódromo do Estoril (Autódromo Fernanda Pires da Silva): O Autódromo do Estoril, também conhecido como Autódromo Fernanda Pires da Silva, situa-se proeminentemente em Estoril, Portugal, uma pitoresca cidade costeira perto de Lisboa. Reconhecido pelo seu rico legado no automobilismo, este circuito já foi palco do prestigioso Grande Prêmio de Portugal de Fórmula Um, iniciando a sua associação com o evento em 1984. Nomeado em homenagem às contribuições de Fernanda Pires da Silva para a administração do automobilismo português, o circuito é celebrado pelo seu desenho intrincado, combinando curvas exigentes, mudanças de elevação e retas de alta velocidade. Embora a sua proeminência na Fórmula Um tenha cessado em 1996, o circuito permanece um ponto focal para diversas atividades de automobilismo, desde corridas de motocicletas até séries de corridas nacionais e europeias. Os anos testemunharam uma série de melhorias nas instalações do circuito, garantindo que adere às normas modernas de segurança e oferecendo comodidades de primeira linha para participantes e
espectadores.

Veja o Autódromo do Estoril (Autódromo Fernanda Pires da Silva) a partir de uma perspectiva aérea de satélite.

Veja o Autódromo do Estoril (Autódromo Fernanda Pires da Silva) a partir de uma perspectiva aérea de satélite.

32. Região Demarcada de Colares de Sintra e Vinhos: O vinho de Colares é uma parte integral da Região Demarcada de Colares, uma das regiões demarcadas mais antigas de Portugal. Esta região demarcada abrange as freguesias de Colares, São Martinho e São João das Lampas, tornando-a a região demarcada mais ocidental da Europa e a menor do país. A sua tradição vinícola remonta ao século XIII e ganhou aclamação por várias razões: a longevidade dos seus vinhos, a resiliência ao clima local e o fato de que aproximadamente 80% dos vinhedos são plantados em solo arenoso. O que distingue Colares é a sua resistência única ao inseto filoxera, que devastou vinhas por toda a Europa no século XIX. Estabelecida em 1908, a Região Demarcada de Colares é ancorada pela Adega Regional de Colares, a adega mais antiga do país, fundada em 1931. As principais variedades de uva usadas para o vinho de Colares são Malvasia de Colares e Ramisco de Colares, com produtores-chave incluindo
Adega Regional de Colares, Adega António Bernardino Paulo da Silva, Adega Viúva Gomes e Casal de Santa Maria.

O que fazer ao visitar Sintra


Se estiver a considerar visitar o melhor de Sintra num inesquecível passeio de um dia, Sintra, juntamente com a vizinha Cascais, oferece uma fusão harmoniosa de tesouros históricos e maravilhas naturais. Recomendamos a viagem de carro de Cascais pelo seu valor intrínseco: A própria viagem é um espetáculo, com a estrada oferecendo vistas do formidável Boca do Inferno, onde poderosas ondas do oceano colidem com falésias imponentes, espirrando água alto no ar.

À medida que continua, a extensa área de Guincho Beach convida antes de se imergir no reino encantador de Sintra. Aqui, o centro histórico, um local do Património Mundial da UNESCO, irradia um charme do velho mundo, enquadrado por estreitas ruelas de calçada e icónicas estruturas Românticas do século XIX. Além das delícias arquitetónicas, Sintra promete uma diversidade de experiências.

… um passeio de um dia a partir de Lisboa

A Estação do Rossio, no centro de Lisboa, apresenta uma fachada de entrada distinta e é o ponto de partida dos comboios para Sintra.

A Estação do Rossio, no centro de Lisboa, apresenta uma fachada de entrada distinta e é o ponto de partida dos comboios para Sintra.

  1. Trem de Lisboa: Uma conectividade ferroviária eficiente, começando na estação de trem de Sintra e ligando a centros importantes em Lisboa, como a Estação do Rossio ou Estação do Oriente, garante um trajeto suave de 35 a 45 minutos. Para viajantes que desejam expandir o seu itinerário, outras opções atraentes de passeios de um dia incluem a cidade costeira de Cascais, o local do Património Mundial da UNESCO de Óbidos ou a pitoresca cidade de Mafra, cada uma oferecendo experiências culturais e cênicas únicas.
  2. Tours de Ônibus: Várias empresas oferecem tours guiados de ônibus de Lisboa para Sintra. Estes podem ser combinados com outras atrações próximas, como Cascais ou Cabo da Roca.
  3. Tours Privados: Para uma experiência mais íntima, existem tours privados guiados por locais que podem compartilhar percepções e histórias únicas sobre a área.
  4. Carro Particular ou Táxi: Táxis fornecem um meio de transporte confiável e eficiente. Os motoristas de táxi são frequentemente bem treinados, familiarizados com a área e podem oferecer insights locais. A vantagem de usar um táxi é que os motoristas normalmente têm um conhecimento extensivo da região, enquanto alguns motoristas de serviços de compartilhamento de viagens podem ser recém-chegados à cidade.
  5. Serviços de Compartilhamento de Viagens: Plataformas como Uber e Bolt operam em Lisboa e podem fornecer viagens diretas para Sintra. Vale ressaltar que, embora estas plataformas sejam convenientes, alguns motoristas podem não ter a mesma profundidade de conhecimento local que os motoristas de táxi tradicionais.
  6. Tours a Pé: Uma vez em Sintra, considere participar de um tour a pé para um olhar aprofundado sobre a história e arquitetura da cidade.
  7. Aluguel de Carros: Alugar um carro proporciona flexibilidade para quem deseja explorar Sintra e as regiões vizinhas no seu próprio ritmo.

… Se estiver hospedado em Sintra, comece o seu passeio diário por…

Há muitas coisas para fazer em Sintra. Se optar por passar uma noite em Sintra e tiver um gosto pela vida saudável, a cidade oferece um desafio delicioso para a atração número um em Sintra. Em vez de optar pelas opções de transporte convencionais para o Palácio da Pena, pode considerar embarcar numa vigorosa caminhada a partir do centro da cidade de Sintra. Esta não é apenas uma caminhada qualquer — é uma subida saudável através do abraço da natureza pelo Caminho de Santa Maria, subindo constantemente até ser recompensado com a vista palaciana do topo. É uma forma entusiasmante de entrelaçar as alegrias da atividade física com a imersão cultural.

Para aqueles inclinados a começar o dia em Sintra com um toque de doçura, as ofertas culinárias locais proporcionam o mimo perfeito, com os famosos “travesseiros de Sintra”, uma deliciosa massa folhada recheada com um creme de amêndoa e gema de ovo, ou as “queijadas de Sintra”, que ressoam com os sabores de um cheesecake tradicional. Uma vez que tenha saboreado estas delícias, pode optar por uma jornada mais relaxada até o Palácio da Pena, utilizando a miríade de opções de transporte turístico que têm origem no vibrante centro de Sintra.

Casando-se em Sintra e hospedando-se


Sintra é um destino de casamento altamente procurado em Portugal, celebrado pelo seu ambiente encantador e romântico. Esta pitoresca cidade oferece uma variedade de palácios majestosos, casas senhoriais e locais que criam um cenário de sonho para casais que desejam se casar. Alguns locais de casamento notáveis em Sintra e suas proximidades incluem o Palácio de Queluz, Palácio Marqueses da Fronteira, TIVOLI Palácio Seteais, Sintra Charming Palace, Quinta da Penalva, Palácio de Monserrate, The Quinta – My Vintage Wedding, Farol do Cabo da Roca, Ritz Carlton Penha Longa, Casa dos Penedos e Arriba by the Sea. Uma vantagem notável é que Portugal permite que não residentes tenham seus casamentos oficialmente reconhecidos pelas autoridades portuguesas, tornando-o uma escolha atraente para casamentos de destino.

Praias de Sintra, de norte a sul


A costa de Sintra, ao longo do Oceano Atlântico voltado para oeste, é uma magnífica exibição da beleza da natureza. Cada praia ao longo deste trecho partilha uma característica cativante: pôr-do-sol de tirar o fôlego durante todo o ano que pintam o horizonte em tons de dourado, âmbar e carmesim profundo. De algumas praias, esses pôr-do-sol podem ser admirados do topo de falésias acidentadas, enquanto outras oferecem uma vista diretamente da suave abraço das suas areias. Viradas para o Atlântico ocidental, estas praias recebem as correntes alísias durante o inverno, tornando-as um ímã para entusiastas do surf, graças às ondas desafiadoras que trazem. Enquanto algumas destas praias fervilham com multidões em busca do sol e do surf, outras oferecem uma experiência mais isolada, permitindo aos visitantes encontrar o seu próprio canto pacífico à beira do vasto oceano.

Mapa apresentando as praias de Sintra, dispostas de norte a sul.

Mapa apresentando as praias de Sintra, dispostas de norte a sul.

1. Praia de São Julião: (top 5 Praia de Sintra) Localizada ao norte da Praia da Vigia, esta extensão de 300 metros enfrenta o Atlântico, tornando-a um local ideal para banhos de sol e surf em Sintra.

2. Praia da Vigia: Um refúgio sereno mesmo durante o verão, esta praia pode exigir uma caminhada desafiadora para acesso, mas a tranquilidade que oferece faz o esforço valer a pena. Enquanto é favorecida por nudistas, o seu apelo tranquilo atrai todos aqueles que procuram solidão longe das multidões.

3. Praia da Samarra: Uma praia compacta flanqueada por falésias, criando uma baía protegida. A sua limitada extensão de areia oferece um ambiente mais íntimo à beira da água.

4. Praia do Giribeto: Localizada ao norte da Praia do Magoito, este pequeno local é escondido e requer navegar por um acesso desafiador nas falésias. A sua natureza isolada promete uma experiência costeira exclusiva.

5. Praia do Magoito: Estendendo-se por 800 metros com dramáticas falésias rochosas como pano de fundo, esta praia é perfeita para longas caminhadas. As suas vistas impressionantes e litoral cativante a tornam uma destacada na costa de Sintra.

6. Praia da Aguda: Ao norte da Praia das Azenhas do Mar, Aguda é um retiro tranquilo e intocado, conhecido pela sua beleza crua. Conecta-se à Praia do Magoito, permitindo uma caminhada entre as duas durante a maré baixa. Apesar da desafiadora descida de 270 degraus, o ambiente sereno deste local isolado vale bem o esforço.

7. Praia das Azenhas do Mar: (top 5 Praia de Sintra) Situada abaixo de uma pitoresca aldeia branca empoleirada nas falésias, esta praia é um ícone da paisagem costeira de Portugal. Ao lado da praia, encontra-se uma piscina natural, e o local é conhecido por ondas dramáticas que se chocam contra as rochas. Um destino principal pela sua beleza cativante e charme.

A Praia das Azenhas do Mar está localizada sob uma pitoresca aldeia branca nas falésias e dispõe de uma piscina natural.

A Praia das Azenhas do Mar está localizada sob uma pitoresca aldeia branca nas falésias e dispõe de uma piscina natural.

8. Praia das Maçãs: (top 5 Praia de Sintra) Localizada na cidade homônima, esta praia compacta é favorita para o surf. Apesar das suas águas frias, a limpeza e tranquilidade destacam-se. Nas proximidades, os visitantes podem encontrar vários restaurantes e um amplo estacionamento a apenas uma curta caminhada de 3 minutos do final da vila.

9. Praia Pequena: Situada ao norte da Praia Grande, esta praia mais compacta oferece uma atmosfera mais calma e atrai menos multidões. É amigável para cães e favorecida por surfistas, embora suas ondas robustas possam ser desafiadoras para aqueles que não são fortes em natação.

10. Praia Grande: Localizada abaixo da área residencial da vila, esta praia vibrante é popular para surf e bodyboard durante a temporada de ondas, com ondas mais suaves no verão. O hotel Arribas Sintra Beachfront tem uma piscina e uma escola de surf está convenientemente localizada nas proximidades.

11. Praia da Adraga: (top 5 Praia de Sintra) Esta praia compacta, com 350 metros de extensão, possui um restaurante/bar na sua entrada, proporcionando um local conveniente para os visitantes relaxarem e se alimentarem.

12. Praia do Cavalo: Localizada ao sul da maior Praia da Adraga, esta pequena praia oferece isolamento e charme. Embora acessível a partir da Praia da Adraga durante a maré baixa, o acesso por terra é desafiador e potencialmente perigoso. Não recomendado para famílias com crianças pequenas.

13. Praia da Ursa: (top 5 Praia de Sintra) Localizada ao norte do Cabo da Roca, esta praia se estende por cerca de 250 metros com caminhos rochosos adicionais. Reconhecida pelos seus icônicos rochedos gigantes na água, é essencial que os visitantes estejam preparados para a descida íngreme e desafiadora. Surpreendentemente, muitos acham a subida mais fácil. Calçado adequado para atividades esportivas é uma necessidade, descartando o uso de chinelos. Para o melhor acesso, use a rota sul a partir do Cabo da Roca ou um ponto mais próximo à beira da estrada. A atmosfera natural da praia – do vento e falésias à areia e ondas – proporciona uma experiência cativante. Esteja pronto para ondas intensas e um mar ligeiramente frio. A caminhada normalmente leva cerca de 30 minutos cada trecho.

Praia da Ursa

Praia da Ursa

14. Praia da Aroeira: Esta praia intocada promete uma vista incomparável, especialmente para aqueles dispostos a navegar pela descida íngreme e um tanto escorregadia. Superar este desafio presenteia os visitantes com areias claras, água cristalina e um arco único que se assemelha a uma caverna. Deste ponto de vantagem, também se pode admirar o renomado Cabo da Roca. Embora a trilha não seja excessivamente complicada, é crucial pisar com cuidado e equipar-se com sapatos que ofereçam boa aderência.

15. Praia do Louriçal: Localizada adjacente ao Cabo da Roca, esta praia é acessível através de uma trilha modesta que se origina no Cabo. No entanto, é aconselhado cautela, pois o trilho, particularmente nas suas últimas seções, pode ser desafiador. Optar por sapatos confortáveis é essencial para uma descida mais segura. Mesmo que opte por não aventurar-se até o fundo, as vistas panorâmicas do topo são recompensadoras por si só.

16. Praia de Assentiz: Embora o acesso a esta praia possa ser desafiador, com partes do trilho auxiliadas por cordas, aqueles que se aventuram encontram margens de areia prístinas e vistas cativantes. É essencial usar calçado apropriado para a descida. Existem duas rotas para a praia; a mais distante do Cabo da Roca, para sudeste, é a opção mais segura recomendada. Esta praia é uma joia escondida, oferecendo beleza serena aos seus visitantes.

17. Praia do Porto do Touro ou Praia do Guincho Velho: Esta praia remota exige um veículo todo-o-terreno ou uma caminhada extenuante para acesso. Com suas falésias perigosas e costas rochosas, não é recomendada para famílias ou aqueles que procuram uma visita casual. Apenas aqueles fisicamente bem preparados devem tentar este local aventureiro.

18. Praia da Grota: Uma praia rochosa e isolada onde o nudismo é praticado. O acesso é desafiador, com muitos visitantes perdendo o caminho. A área de areia é limitada e muitas vezes é pouco frequentada. Sapatos adequados para caminhada são essenciais devido ao terreno acidentado e rochoso.

19. Praia do Abano: Uma praia serena e isolada, com menos de 100 metros de comprimento, ideal para quem busca solidão com a natureza. Embora não seja adequada para natação, oferece trilhas para caminhada que se originam de suas margens. Localizada adjacente ao Forte do Guincho/Forte das Velas, fica no lado norte da Praia do Guincho.

20. Praia do Guincho: (Top praia de windsurf) Localizada a caminho de Cascais, o Guincho é um testemunho vibrante da cena de windsurf e kitesurf de Portugal. Este extenso refúgio de areia de 750 metros é limitado por dunas em constante mudança que, em condições particularmente ventosas, podem derramar-se para estradas adjacentes. Uma mistura quintessencial de adrenalina e charme pitoresco.

A Praia do Guincho, a caminho de Cascais, é conhecida como um dos principais destinos de windsurf e kitesurf de Portugal.

A Praia do Guincho, a caminho de Cascais, é conhecida como um dos principais destinos de windsurf e kitesurf de Portugal.

Campos de Golfe em Sintra


<em>Penha Longa</em><br>Foto de um mapa em azulejos representando a Penha Longa, destacando a sua reserva natural, o hotel clube 'Golf Country Club', uma igreja, palácio, mosteiro, entre outras atrações.

Penha Longa
Foto de um mapa em azulejos representando a Penha Longa, destacando a sua reserva natural, o hotel clube ‘Golf Country Club’, uma igreja, palácio, mosteiro, entre outras atrações.

  • Penha Longa Resort Golf Course em Portugal exibe 27 buracos meticulosamente criados num cenário deslumbrante. O destacado campo de 18 buracos Atlantic Championship, desenhado por Robert Trent Jones Jr., foi inaugurado em 1992 e rapidamente ganhou proeminência, hospedando o Open de Portugal em apenas dois anos. O seu design aproveita os contornos naturais, proporcionando desafios únicos e vistas magníficas em direção a Cascais, Estoril e o Oceano Atlântico. A excelência do resort tem sido reconhecida com inúmeros prêmios, incluindo várias classificações da Golf World e o título de Golf Resort of the Year em 2017 pelos Travel & Hospitality Awards.
  • Monastery Course: Adjacente ao Penha Longa Golf Course. Este campo de 9 buracos foi introduzido em 1995 oferecendo uma experiência diversa, marcada por greens rápidos e fairways estreitos, ao mesmo tempo em que é abraçado pelas vistas cênicas do Parque Nacional circundante.
  • Belas Clube de Campo: Posicionado em meio a paisagens imaculadas, o Belas Clube de Campo é um testemunho de vida sofisticada em resort combinada com um design de campo de golfe impecável. Criado sob a visão especializada do distinto arquiteto, William “Rocky” Roquemore, o campo de golfe abrange 6.109 metros, apresentando 18 buracos estratégicos com um par de 72. Além dos greens, o estabelecimento oferece um conjunto abrangente de comodidades:
    • Golfe: Um campo de golfe de primeira linha que atrai entusiastas e profissionais.
    • Health Club: Instalações de ponta promovendo bem-estar.
    • Quadras de Tênis & Padel: Quatro de cada, com opções cobertas para entusiastas do padel.
    • Skatepark & Parede de Escalada: Para os que buscam adrenalina.
    • Restaurante Clubhouse: Delícias culinárias num ambiente elegante.
    • Jardim-Escola João de Deus de Belas: Um compromisso com a educação e crescimento.
    • Comodidades: Vigilância 24 horas, parafarmácia, minimercado, salão de beleza, parques infantis, loja de decoração e serviço postal.
    • Imobiliária: O mais recente projeto “Native”, uma fusão exemplar de designs de Saraiva e Associados e Capinha Lopes.
  • Pestana Beloura Golf: Criado pelo arquiteto de golfe americano Rocky Roquemore, o Pestana Beloura Golf Course atende a golfistas de diversos níveis de habilidade. O campo apresenta 18 buracos com um par de 72 e se estende por 5.716 metros. Estabelecido em 1994, é complementado pela próxima Quinta da Beloura, uma área residencial de luxo que se harmoniza perfeitamente com o terreno de golfe.

Onde morar em Sintra


Sintra, renomada pela sua elegância arquitetônica, ostenta propriedades campestres situadas em meio à natureza, palácios, vilas tradicionais e mansões de família com o mesmo nome. Recentemente, condomínios modernos ao redor da cidade ganharam popularidade, particularmente em cidades de praia adjacentes e em terrenos montanhosos. Sintra atrai muitos como um santuário das temperaturas escaldantes do verão, oferecendo um refúgio tranquilo perto de Lisboa. É o epítome de um estilo de vida equilibrado: próximo à natureza, destinos de surf e estrategicamente localizado entre Cascais e Sintra. O local promete uma experiência de vida enriquecedora com oportunidades para golfe, windsurf, caminhadas na natureza e acesso a escolas internacionais renomadas, tudo a um passo da movimentada paisagem urbana de Lisboa.

Para aqueles que contemplam uma mudança para Portugal, Sintra surge como uma escolha atraente, especialmente se alguém é atraído por climas temperados, expansões verdes e o ar refrescante das montanhas. Para aqueles inclinados para a vida costeira ou comunidades fechadas de luxo, áreas residenciais ao redor de Sintra, como Belas Clube de Campo, Quinta do Patino ou Quinta da Beloura, são altamente recomendadas. O núcleo histórico de Sintra oferece principalmente grandes propriedades em edifícios atemporais. Locais como Praia Grande apresentam uma mistura de vilas tradicionais e contemporâneas de tamanho médio equipadas com piscinas. Vale ressaltar que existem bairros suburbanos mais acessíveis, frequentemente habitados pela classe trabalhadora, incluindo áreas como Algueirão Mem Martins.

Escolas Internacionais de Sintra

  • Carlucci American International School of Lisbon
  • TASIS Portugal International School

Áreas Residenciais de Sintra

Áreas de luxo

  • Quinta da Beloura
  • Quinta Patino
  • Quinta da Penalva
  • Pé da Serra
  • São Pedro de Sintra
  • Portela de Sintra
  • Galamares
  • Almoçageme
  • Monte Santos
  • Colares
  • Praia Grande
  • Penedo
  • Abrunheira
  • Albarraque
  • Alcabideche
  • Azoia

Áreas urbanas populares

  • São Marcos
  • Linhó
  • Algueirão
  • Mem Martins
  • Cacém
  • Massamá

Como é o clima em Sintra (técnico)

Sintra, situada no topo dos picos da Serra de Sintra e rodeada por vegetação verdejante, é renomada pelo seu microclima único. Esta cidade histórica, outrora um destino de férias favorito da nobreza portuguesa, destaca-se não só pela sua elevação, mas também pelos seus padrões climáticos distintos, únicos em todo Portugal. Caracterizada pela sua alta umidade e temperaturas relativamente mais frescas, especialmente quando comparada com áreas próximas, Sintra oferece um refúgio refrescante. Mesmo durante o calor do verão, as temperaturas em Sintra tendem a permanecer na confortável faixa dos 20°C, oferecendo alívio do calor mais intenso experimentado em regiões vizinhas. As paisagens exuberantes e o clima marítimo consistente emprestam um charme místico e etéreo a Sintra, tornando-a um destino procurado por aqueles atraídos tanto pela sua beleza natural quanto pela rica história.

Sintra experimenta um clima marítimo temperado. As temperaturas recordes, medidas ao longo de um período de 30 anos, variam de um frio -4,0°C (24,8°F) nos meses de inverno a um escaldante 41,4°C (106,5°F) durante o verão. As máximas médias atingem cerca de 25,3°C (77,5°F) em agosto, enquanto as mínimas podem descer para uma média de 5,2°C (41,4°F) em janeiro.

A cidade recebe uma quantidade significativa de chuva, especialmente durante os meses de inverno. Dezembro é o mês mais chuvoso, com uma precipitação média de 127,8 mm (5,03 polegadas). No entanto, os meses de verão, particularmente julho, são muito mais secos com precipitação média de apenas 6,2 mm (0,24 polegadas). Em termos de dias chuvosos, Sintra testemunha cerca de 125 dias por ano com pelo menos 0,1 mm de chuva.

Os níveis de umidade permanecem relativamente consistentes ao longo do ano, com uma média de 80%. O mês mais ensolarado é julho, com cerca de 309 horas de sol, enquanto dezembro vê a menor quantidade de sol com 128,5 horas.

A fonte dos dados é o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Sintra e Cascais, enclaves vizinhos de Luxo


Sintra e Cascais são dois enclaves vizinhos de luxo ao longo da costa portuguesa, oferecendo uma experiência residencial abastada perto das conveniências urbanas de Lisboa. Estas áreas ostentam vilas luxuosas com jardins espaçosos e piscinas privadas, bem como resorts de alto padrão atendendo a uma clientela exigente. Sintra, famosa pelas suas paisagens exuberantes, praias tranquilas e rica herança cultural, está estrategicamente localizada ao norte de Cascais. Cascais, com uma presença marítima dominante ao sul e oeste, apresenta uma marina animada, propriedades exclusivas à beira-mar na Quinta da Marinha e sua própria parcela de cenário verdejante. Separadas pelo Parque Natural Sintra-Cascais, estas comunidades vizinhas mesclam perfeitamente beleza natural, significado cultural e um estilo de vida sofisticado, tornando-as uma escolha principal para aqueles que procuram viver luxuosamente com fácil acesso às comodidades urbanas e ao
charme sereno da costa. Para o leste, Estoril oferece uma estrada cênica conveniente ao longo da foz do rio como porta de entrada para Lisboa.

Mapa de Sintra


Mapa de Sintra detalhando nomes de ruas, com foco no centro da cidade.

Mapa de Sintra detalhando nomes de ruas, com foco no centro da cidade.

Oportunidades Exclusivas de Imóveis em Sintra


Ao considerar oportunidades de investimento em Sintra, a nossa agência distingue-se não só pela oferta de uma gama diversificada de propriedades, mas também pela expertise local e internacional que trazemos. A nossa equipe é composta por indivíduos profundamente enraizados no tecido de Sintra, possuindo um vasto conhecimento da área. Somos uma equipe de locais e residentes internacionais que escolheram fazer de Sintra a nossa casa, conectados à comunidade abastada e educados nas nuances desta região única. Esta visão local e global, combinada com o nosso compromisso em fornecer um serviço excepcional, garante que possamos oferecer-lhe um entendimento abrangente da paisagem imobiliária de Sintra.

Sintra destaca-se do resto de Portugal devido à sua abundância de casas senhoriais históricas, frequentemente situadas em recintos privados onde o acesso é limitado a poucos. Muitas destas propriedades exclusivas não são listadas publicamente, e alguns proprietários optam por vender apenas após uma validação minuciosa dos potenciais compradores. No entanto, a nossa agência também é especializada em tipos de propriedades mais acessíveis, como resorts de luxo em condomínios de golfe, vilas com piscinas perto da costa e apartamentos sofisticados situados no centro da cidade ou em áreas residenciais tradicionais como São Pedro de Sintra, Colares e Praia Grande. O nosso conhecimento local e internacional e as conexões na comunidade abastada posicionam-nos de forma única para ajudá-lo a explorar estas oportunidades exclusivas de imóveis em Sintra.

Leiria

Leiria

Leiria é uma cidade conhecida pelos seus rios, a praia, o pinhal de Leiria, as lagoas, as salinas, os abrigos rupestres, a arquitetura religiosa, as construções medievais, os museus, as termas, as tradições populares, o artesanato e a excelente gastronomia....

Aveiro

Aveiro

A cidade de Aveiro é conhecida como sendo “A Veneza de Portugal” devido ao grande número de canais, pontes, aos moliceiros, barcos típicos da região e à sua Ria. É uma cidade portuguesa localizada no litoral Oeste de Portugal, tem como limite a Norte o distrito do...

Castelo Branco

Castelo Branco

Castelo Branco é uma cidade do interior Centro de Portugal, situada numa zona plana do topo e encosta do Monte da Cardosa, perto do rio Ponsul e do Rio Ocreza, afluentes do Rio Tejo. A cidade de Castelo Branco foi considerada em 2006, a segunda capital de distrito de...

Guarda

Guarda

Guarda é a cidade mais alta de Portugal, situada a 1056 metros de altitude, entre o Planalto Guarda-Sabugal e o sistema montanhoso Montejunto-Estrela, onde encontramos o Parque Natural da Serra da Estrela, a maior área protegida em Portugal, com a montanha mais alta...

Coimbra

Coimbra

Coimbra é a cidade portuguesa com maior tradição universitária. Situada na província da Beira Litoral, Coimbra é maior cidade da região do Centro de Portugal. Coimbra é uma cidade associada à juventude, ao conhecimento, ao movimento e descontração devido à forte...

Viseu

Viseu

Viseu é uma das principais cidades da região do Centro de Portugal, com aproximadamente 60 000 habitantes, está classificada como uma das cidades europeias com melhor qualidade de vida, designada como Destino de Gastronomia, distinguida por ter as calçadas mais...

ARE E Grande Lisboa E Sintra